terça-feira, 30 de abril de 2013

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Embraer vende 30 aviões à United Airlines; pedido pode chegar a US$ 2,9 bi.



A fabricante brasileira de aviões Embraer anunciou nesta segunda-feira (29) que assinou contrato para a venda de 30 aeronaves Embraer 175 para a United Airlines, em um negócio avaliado em mais de US$ 1 bilhão.

Segundo o documento assinado pelas empresas, há a opção de aumentar o número de encomendas para até 70 aviões do mesmo modelo. Se todas as opções forem exercidas, o valor estimado pode chegar a até US$ 2,9 bilhões.

Os E175 serão operados sob a marca United Express e serão configurados para ter 76 assentos. Atualmente, 38 jatos E170 voam com os parceiros regionais da United com a marca United Express. A primeira entrega dos novos aviões está prevista para o primeiro trimestre de 2014.

Divulgação

Em janeiro, a também americana Republic Airways encomendou mais 47 aviões E175 em acordo de US$ 2 bilhões. Os negócios entre a fabricante brasileira e a United, fruto da fusão da United Airlines com a Continental Airlines em 2010, começou com a venda do turboélice EMB 120 Brasília à Continental Airlines na década de 80, segundo a Embraer.

A Continental foi a cliente de lançamento do jato ERJ 145 e já adquiriu um total de 275 aeronaves --a maior frota mundial do modelo.

"Estamos muito satisfeitos com este pedido, pois reforça e amplia a nossa parceria de longa data com a United Airlines, então como Continental Airlines, cliente de lançamento do jato ERJ 145, em 1996", disse Paulo Cesar Silva, presidente e presidente-executivo da Embraer Aviação Comercial, em nota da companhia.

"Este pedido da United, uma das principais companhias aéreas do mundo, valida a nossa estratégia de investimentos nos E-Jets, oferecendo um produto otimizado com todos os benefícios adicionais de uma plataforma comprovada e madura. O E175 tem provado ser o melhor avião para o mercado regional dos EUA para os próximos anos", ressaltou.

"Estamos focados na modernização da nossa frota e esperamos ansiosamente a introdução do E175 nos serviços da United Express", disse Jim Compton, vice-presidente da empresa, segundo a nota da Embraer.

"Comparado aos aviões de 50 lugares que estamos substituindo, essas aeronaves proporcionarão uma experiência superior ao passageiro e mais eficiência no consumo de combustível", disse Compton. "A aeronave promove uma experiência melhor em voos regionais para os nossos clientes."

E-JETS

A Embraer diz ser atualmente líder no segmento de jatos de 70 a 120 assentos e ter a família de E-Jets utilizada em mais de 60 companhias aéreas de 40 países.

Mais de 150 jatos E175 estão atualmente em serviço com 12 empresas aéreas no mundo, segundo a fabricante brasileira.

A aeronave oferece alcance de 3.706 km (2 mil milhas náuticas), capacidade de operação em pistas curtas e desempenho superior para operação em altas temperaturas e grandes altitudes.

Fonte: Folha.

N949CA NATIONAL AIR CARGO Boeing 747-428(BCF) (CN.: 25630 / LN.: 960)

O Boeing 747-400F registro N949CA da National Air Cargo realizando voo de carga N8-102 para o US Mobility Command, de Bagram (Afeganistão) para Dubai Al Maktoum (Emirados Arabes Unidos) que transportava veículos militares e tinha uma tripulação de 8 pessoas caiu as 15:30L (11:00Z) pouco tempo após decolar pela pista 03 da Base Aérea de Bagram. A aeronave caiu ainda no perímetro da base incendiando-se após a queda. Infelizmente todos os 8 tripulantes perderam a vida no acidente. Mais informações no The Aviation Herald e no Aviation Safety Network. Para saber mais sobre outros acidentes na Base Aérea de Bagram clique aqui.




29/04/2013 - PR-WJU WEBJET Boeing 737-36N (CN.:28560) (Ex B-2977 SE-RHU N559MS )

PR-WJU SAIU DE CNF COMO WEB9730 AGORA NA PROA DE BSB.

quinta-feira, 25 de abril de 2013

Nova aérea (POP) é advertida pela Anac antes de começar a operar.



Uma nova companhia aérea, que deve começar a operar no mês que vem, foi advertida pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e será notificada pelo Procon antes mesmo de levantar o primeiro voo, informa o jornal "Valor Econômico".

Trata-se da Pop Brasil Linhas Aéreas. O motivo: a empresa estava anunciando em seu site passagens para lugares onde ainda não está autorizada a operar, segundo o jornal.

A Pop Brasil é o novo nome fantasia da Whitejets, empresa de voos fretados, do empresário mineiro Paulo Almada, filho do ex-deputado federal Paulo Marcos Almada de Abreu (PMDB/MG).

Procurada pelo jornal, a Anac informou que a companhia "só pode iniciar a comercialização de passagens aéreas, tanto domésticas quanto internacionais, quando há hotran [horário de pouso e decolagem] aprovado".

Após a advertência da Anac, a Pop mudou seu site nesta semana, segundo o "Valor".

O Procon-SP informou que vai abrir um processo interno e que a companhia será notificada, podendo levar multa de até R$ 7 milhões, diz a reportagem.

Proibido ultrapassar...


POA - 25/04/2013 - LÁ FOI O PR-MBM






POA - 24/04/2013 - PP-GUL Bombardier BD700 Global 6000





quarta-feira, 24 de abril de 2013

24/04/2013 - ALGUMAS DE VIRACOPOS

 




24/04/2013 - ENGARRAFAMENTO EM POA









POA - 24/04/2013 - PR-AQG AZUL Aerospatiale ATR-72-600 (CN.: 1076)


POA - 24/04/2013 - PP-PJD TRIP Embraer ERJ-170-200LR 175LR (CN.: 17000017) (Ex D-ALIB F-OFLY PP-XJG)


POA - 24/04/2013 - PR-OVD EMBRAER EMB-500 PHENOM 100 (CN.: 50000127)






POA - 24/04/2013 - PP-DSS Raytheon Hawker 400XP (CN.: RK-439)




POA - 24/04/2013 - PR-MBL TAM Airbus A320-233 (CN.: 2044)



POA - 24/04/2013 - PR-GGK GOL Boeing 737-8EH(SFP)(WL) (CN 35065)


domingo, 21 de abril de 2013

22 DE ABRIL: DIA DA AVIAÇÃO DE CAÇA




Divulgado plano operacional para a Copa das Confederações.

O ministro-chefe da Secretaria de Aviação Civil (SAC), Moreira Franco, apresentou nesta quinta-feira (18/04), em entrevista coletiva realizada em Brasília (DF), o plano operacional do setor aéreo para a Copa das Confederações. O documento foi elaborado pela Comissão Nacional de Autoridades Aeroportuárias (Conaero), que reúne, além da SAC, ANAC, Infraero e Comando da Aeronáutica.

A participação da Aeronáutica está resumida no guia elaborado pelo Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA).






Leia na íntegra o guia:

terça-feira, 16 de abril de 2013

INFOGRAFICO DAS UNIDADES DA USAF ATINGIDAS PELO CORTE NO ORÇAMENTO


AS UNIDADES EM BRANCO TERÃO SUA CAPACIDADE MANTIDA, EM CINZA A CAPACIDADE REDUZIDA PARA MISSÕES BÁSICAS E AS EM VERMELHO FICARÃO SEM VOAR ATÉ SET/2013.

FONTE: THE AVIONIST.

segunda-feira, 15 de abril de 2013

FAA ORDENA INSPEÇÃO EM MAIS DE 1000 BOEING 737



A Agência Federal de Aviação norte-americana (FAA) ordenou a inspeção de mais de mil aviões Boeing 737 depois de terem sido detectados defeitos em peças que podem levar os pilotos a perder o controle da aeronave, comprometendo a segurança dos mesmos.

Num comunicado emitido nesta segunda-feira, a FAA explica que foi informada de um “procedimento incorreto” na aplicação de um revestimento anti-corrosão nos painéis da fuselagem dos aparelhos, e que pode resultar “numa falha prematura” dos materiais e na “perda de controle do avião”.

As peças em causa – que, segundo a agência, até ao momento não causaram nenhum acidente – ajudam a fixar os estabilizadores horizontais, que controlam os movimentos do avião.

Segundo o documento, citado pela AFP, a inspeção será feita em 1050 aparelhos registrados nos Estados Unidos, a partir de 20 de Maio.

Segundo fontes da indústria aeronáutica citadas pelo The Wall Street Journal, esta medida é pouco comum, uma vez que se aplicam a defeitos de fabrica que podem afetar um grande número de aviões, particularmente as novas versões deste modelo, que é o mais usado pelas companhias aéreas em todo o mundo.

A ordem de inspeção da FAA inclui seis versões do Boeing 737, desde o modelo menor até ao maior: são eles o 737-600, 737-700, 737-700C, 737-800, 737-900 e o 737-900ER. A FAA estima que esta operação possa custar mais de dez milhões de dólares às companhias norte-americanas, mas admite que parte do custo possa ser coberta pela garantia do construtor.

Por Economia Portugal.

sábado, 13 de abril de 2013

F-5EM Base Aérea de Canoas (BACO) SBCO.

     
 





Avião desliza para o mar em Bali. Mais de 100 passageiros a bordo.




CLIQUE AQUI PARA ACOMPANHAR NO FR24 O "POUSO".

Um avião com mais de 130 pessoas a bordo atravessou este sábado a pista de aterragem do aeroporto internacional de Bali, na Indonésia, e caiu no mar. 

"Todos os passageiros" a bordo do Boeing 737 da companhia indonésia "low cost" Lion Air sobreviveram, afirma o director-geral do transporte aéreo no Ministério indonésio dos Transportes, Herry Bhakti. 

Há apenas pequenos ferimentos em alguns passageiros. 

O aparelho atravessou a pista durante a aterragem, no aeroporto internacional de Denpasar, e está nesta altura pousado nas águas, numa zona em que a profundidade é muito reduzida.

Fonte: SAPO

Segundo o ASN (Aviation Safety Network):


Status:Preliminary
Date:13 APR 2013
Time:15:35
Type:Boeing 737-8GP (WL)
Operator:Lion Air
Registration:PK-LKS
C/n / msn:38728/4350
First flight:2013-02-05 (2 months)
Engines:2 CFMI CFM56-7BE
Crew:Fatalities: 0 / Occupants: 7
Passengers:Fatalities: 0 / Occupants: 101
Total:Fatalities: 0 / Occupants: 108
Airplane damage:Written off
Airplane fate:Written off (damaged beyond repair)
Location:Denpasar-Ngurah Rai Bali International Airport (DPS) (Indonesia)
Phase:Approach (APR)
Nature:Domestic Scheduled Passenger
Departure airport:Bandung Airport (BDO/WICC), Indonesia
Destination airport:Denpasar-Ngurah Rai Bali International Airport (DPS/WADD), Indonesia
Flightnumber:904
Narrative:
A Boeing 737-800 passenger plane, registered PK-LKS, suffered an accident at Bali's Denpasar-Ngurah Rai Bali International Airport (DPS) in Indonesia. According to Lion Air there were 101 passengers and seven crew members on board. All aboard survived.

Flight JT-904 departed Bandung Airport (BDO) at 12:48 on a domestic flight to Denpasar. At the time of the approach there were Cumulonimbus clouds in the area. The wind direction began to change rapidly, varying between 110 and 270 degrees. According to eyewitnesses it was raining in the approach path as flight 904 descended over sea toward Denpasar's runway 09. 
According to the Ministry of Transportation, the airplane came down in the water just short of the runway while on final approach to runway 09.


Weather reported about the time of the accident (07:35 UTC / 15:35 LT) was:

WADD 130800Z 10009KT 9999 FEW017CB SCT017 30/26 Q1007 NOSIG
WADD 130730Z 15006KT 110V270 9999 FEW017CB SCT017 30/25 Q1007 NOSIG
[07:30 UTC / 15:30 LT: Wind 150°, varying between 110 and 270° at 6 knots; unlimited visibility; few Cumulonimbus clouds at 1700 feet AGL; scattered clouds at 1700 feet AGL; Temperature: 30°C; Dewpoint: 25°C; Pressure: 1007 mb]
WADD 130700Z 09006KT 9999 BKN017 30/26 Q1007 NOSIG